Menu

Menu II

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Questões - Seminário História Antiga I - Grupo 1 - Apresentação dia 25 de Abril Segunda Próxima

QUESTÕES

1. Qual o papel da cidade de UR na II Dinastia para o contexto da região mesopotâmica perante as outras cidades- estado?

2. Até que ponto a hierarquia citada no surgimento do primeiro Dinástico de UR interferiu na criação das cidades-estado?

3. As propriedades do templo eram controladas pela autoridade governamental. Comente nesse contexto a atuação do Ensi.

4. Observando a afirmação: “NIPUR era uma cidade de acadêmicos na Mesopotâmia, sendo considerada uma cidade de reputação e de esnobismo intelectual” (Pg.165). Explique o contexto dessa afirmação sobre a importância da cidade de NIPUR na região babilônica.

5. Apesar da mâo-de-obra camponesa não ser escrava e o templo cobrar jornadas de trabalho e participar na produção da terra, o que levava os camponeses a produzirem mais do que o necessário para sua subsistência?

6. Faça uma consideração abrangente para o contexto mesopotâmico, de função e representação dos Ziggurats para a população camponesa.

7. Com relação a frase do texto “Os santuários foram reconstruídos numa escala ainda mais grandiosa”. (Pg. 166) Qual o significado dela para as populações campesinas que habitavam a região?

8. Até que ponto a influencia da divindade era importante para a manipulação política, sabendo-se que este sistema vinculava as crenças a prosperidade e a sobrevivência das cidades?

9. Detalhe a relação de Sargão I, com as cidades-estados descentralizadas e o surgimento centralização do poder mesopotâmico?

10. Porque com o reinado de Hammurabi, SIPPAR teve seu ápice de crescimento?

BIBLIOGRAFIA

LEICK, Gwendolyn. Mesopotâmia: a invenção da cidade. Rio de Janeiro: Imago, 2003.
Postar um comentário