Menu

Menu II

sábado, 28 de maio de 2011

SUPER PESQUISAS: Grécia Antiga


GRÉCIA ANTIGA
Povoamento da Grécia: 2000 AC: A partir de 2000 a.C. tribos - nômades pastoris, vindas das frias planícies da Europa Oriental: os arianos ou indo – europeus, foram chegando a Grécia e dominado a região sucessivamente nessa ordem:
  • Aqueus: 2000 a.C. a 1700 a.C. Fundadores de Micenas, berço da civilização creto-micênica.
  • Eólios: 1700 a.C. a 1400 a.C.. Tessália e outras regiões.
  • Jônios: 1700 a.C. a 1400 a.C. Ática
  • Dórios: 1400 a.C.. Lacônia – península do Peloponeso.
 Geografia: Localização Geográfica:
·         Grécia européia ou continental: sul da península Balcânica
·         Grécia Insular: ilhas do Mar Egeu
·         Grécia Asiática: litoral da Ásia Menor
·         Magna Grécia: colônias ao sul do Mediterrâneo
 Terreno Montanhoso - dificultou o contato entre as cidades - formação de cidades-estados (pólis) - muitas ilhas: favoreceu o comércio marítimo e portos.
Período Micênico (Idade do Bronze); Era Micênica

Grécia Micênica, também conhecida como "Grécia da Idade do Bronze", é o nome dado à civilização da Idade do Bronze do período Heládico Antigo (este último, geralmente estabelecido como o intervalo 2.500-1.900 a.C.). A cultura grega desse período durou desde a chegada dos gregos no Egeu, por volta de 1.600 a.C. até o colapso de sua civilização da Idade do Bronze por volta de 1.100 a.C.. É a esse período que refere-se o trabalho épico de Homero, bem como muito da mitologia grega. O período Micênico teve seu nome adotado a partir do sítio arqueológico de Micenas, cidade situada no nordeste da Argólida, uma região do Peloponeso (enorme península no sul da Grécia) Micênico. AtenasPilosTebas e Tirinto.
A civilização micênica era dominada por uma aristocracia guerreira. Por volta de 1.400 a.C. os micênios extenderam seu controle a Creta, o centro da civilização Minóica (cf. item anterior, Civilização do Egeu), e adotaram uma forma da escrita minóica para que pudessem registrar sua primitiva variante da língua grega. Ao novo sistema de grafia (símbolos minóicos representando a nova língua grega), o sistema de escrita micênico, se convencionou chamar de Linear BFonte: www.tiosam.org




A cultura Grega:


O teatro:
O teatro ao ar livre foi criação dos gregos. Destacaram-se os autores trágicos Ésquilo, Sófocles e Eurípedes e o comediógrafo Aristófanes. Teve origem nas festas realizadas a Dionísio, deus do vinho.

A poesia:
Homero, autor de Íliada e da Odisséia, foi o maior dos poetas épicos gregos; na poesia lírica, destacaram-se Píndaro, Safo e Anacreonte.

A Filosofia:
Rompendo com as crenças mitológicas, preocupou-se, inicialmente, com a descoberta da natureza física do mundo. Tomou caráter metafísico, e surgiram escolas como a dos Atomistas (Demócrito) e dos Sofistas (Pitágoras). Os três maiores filósofos gregos foram: Sócrates, Platão e Aristóteles.

As Artes:
A arte grega caracterizou-se pela harmonia das formas, pela sobriedade e pelo equilíbrio. O humanismo (homem como centro das manifestações) constitui-se em outra de suas características. Na arquitetura desenvolveram-se 3 estilos: dórico, jônico e coríntia, sua obra-prima foi o Templo de Partenon. Na escultura destacaram-se Fídias, Míron e Praxíteles,(este o maior dos escultores), decorou os frisos do Partenon e esculpiu estátuas consideradas maravilhas do mundo.

A religião:
A religião era politeísta e antropomórfica. O culto doméstico era feito pelo chefe da família e consistia na manutenção de uma chama sempre acesa. Havia centros religiosos, aos quais os gregos acorriam como o de Delfos, onde uma pitonista fazia predições. Havia ainda festas como as Panatéias (homenagem a Palas Atenas) e jogos como os Jogos Olímpicos (dedicados a Zeus), os quais serviam como integração entre os gregos.

As Ciências:
De espírito mais propenso para as artes do que para as ciências, os gregos, mesmo assim, deixaram-nos muitas concepções e conquistas no mundo científico. Na matemática, na medicina (Hipócrates), na química (conceito do elemento químico), na Biologia e na História (Heródoto – o pai da história e Tucídides).
Postar um comentário